Manipulação da Água

Por Andreza

Para viver uma aventura na água, seja na piscina, na lagoa, no rio ou no mar,
Basta saber, dentre outras coisinhas, um grande segredo que vou lhe contar:
Para eu conseguir me deslocar, deslizar, afundar ou flutuar,
Preciso ganhar um super-poder: o poder de a água Manipular!
E então, para qualquer lado que eu a empurrar, pro lado contrário ela irá me levar!
Posso usar o corpo todo: dos pés à cabeça movimentar!
E com isso mover meu próprio corpo, ou outro corpo onde a água tocar.
E assim vou manipulando as coisas na água, com a força e o sentido que eu desejar!
E parto então para uma grande aventura, sempre com um adulto a me acompanhar!
Como nesta história do peixinho, que um dia, sozinho, achou que podia mover o mar:

O peixinho que queria mover o mar

  Era uma vez um peixinho, que vivia no oceano a nadar.
  Um dia, no meio de uma viagem, ele sentiu gotas do céu caírem no mar.
  Que alegria! Era a chuva que vinha mergulhar!
  E a chuva fazia assim…
  E mais forte assim…
  E com toda a força assim!
  E com toda essa energia, a chuva deu mais força ao mar, e juntos deslocaram uma grande pedra, fazendo uma passagem bloquear!
  E o peixinho a nadar, tentou mas não conseguiu passar.
  Teve então uma grande ideia: fazer força e mover o mar!
  E o peixinho fazia assim…
  E mais forte assim…
  E com toda a força assim!
  Mas a pedra ficou no lugar,
  E o peixinho, um tanto tristonho, se pôs a cantar:
  "Como pode um peixinho querer mover o mar sozinho? Como pode um peixinho querer mover o mar sozinho?"
  E eis que pela passagem do mar, chegou uma água-viva a nadar,
  Que contrariada, ficou brava, pois a pedra não a deixava passar…
  O peixinho teve então uma grande ideia: pediu para a água-viva o ajudar:
  "Não sabe de nada, peixinho! Águas-vivas não ajudam nenhum outro bichinho!"
  E o peixinho então falou:
  "Ah, que peninha! Eu teria a sua ajuda, e você teria a minha! Com cada um no seu lugar, tudo fica como está, mas peixinho e água-viva fazem o mar se movimentar!"
  E foi assim que, pra ajudar, a água-viva se juntou a nadar!
  E a água-viva fazia assim…
  E mais forte assim…
  E com toda a força assim!
  Mas a pedra ficou no lugar,
  E peixinho e água-viva, se puseram a esperar…
  E eis que pela passagem do mar, chegou uma arraia a nadar,
  Que contrariada, ficou brava, pois a pedra não a deixava passar…
  Os novos amigos, peixinho e água-viva, pediram pra arraia os ajudar:
  "Não sabem de nada, bobinhos! Arraias não ajudam outros bichinhos!"
  E cada um então falou:
  "Ah, que peninha! Eu teria a sua ajuda, e você teria a minha! Com cada um no seu lugar, tudo fica como está, mas peixinho, água-viva e arraia fazem o mar se movimentar!"
  E foi assim que, pra ajudar, a arraia se juntou a nadar!
  E a arraia fazia assim…
  E mais forte assim…
  E com toda a força assim!
  Mas a pedra ficou no lugar,
  E peixinho, água-viva e arraia se puseram a esperar…
  E eis que pela passagem do mar, chegou uma tartaruga a nadar,
  Que contrariada, ficou brava, pois a pedra não a deixava passar…
  Os amigos, peixinho, água-viva e arraia, pediram pra tartaruga os ajudar:
  "Não sabem de nada, bobinhos! Tartarugas não ajudam outros bichinhos!"
  E cada um então falou:
  "Ah, que peninha! Eu teria a sua ajuda, e você teria a minha! Com cada um no seu lugar, tudo fica como está, mas peixinho, água-viva, arraia e tartaruga fazem o mar se movimentar!"
  E foi assim que, pra ajudar, a tartaruga se juntou a nadar!
  E a tartaruga fazia assim…
  E mais forte assim…
  E com toda a força assim!
  Mas a pedra ficou no lugar,
  E peixinho, água-viva, arraia e tartaruga se puseram a esperar…
  E eis que pela passagem do mar, chegou uma baleia a nadar,
  Que contrariada, ficou brava, pois a pedra não a deixava passar…
  Os amigos, peixinho, água-viva, arraia e tartaruga, pediram pra baleia os ajudar:
  "Não sabem de nada, bobinhos! Baleias não ajudam outros bichinhos!"
  E cada um então falou:
  "Ah, que peninha! Eu teria a sua ajuda, e você teria a minha! Com cada um no seu lugar, tudo fica como está, mas todos nós juntos fazemos o mar se movimentar!"
  E foi assim que, pra ajudar, a baleia se juntou a nadar!
  E a baleia fazia assim…
  E mais forte assim…
  E com toda a força assim!
  E todos juntos a nadar, tiraram a pedra do lugar!
  Só mesmo força e união fazem o mar se movimentar!
  E peixinho, água-viva, arraia, tartaruga e baleia não estavam mais sozinhos,
  Pra seguir suas viagens tinham novos amiguinhos!

Boa viagem e adeusinho!

Publicado por Equipe Atividades Aquáticas

Coletivo de Educadores dedicados à aprendizagem das habilidades e competências aquáticas. Mergulhe conosco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: