Os esportes como conteúdos das Práticas Aquáticas: conhecendo o NADO ARTÍSTICO

Por Fernanda e Tatiana

Olá, tudo bem com vocês?

Voltamos e agora para falar sobre um esporte considerado um espetáculo que combina ginástica, dança, ballet e natação. Os atletas desta modalidade buscam através de movimentos plásticos e ritmados mostrar elegância, leveza e graciosidade.

Sim, estamos falando do Nado Sincronizado, desde 2017 chamado de Nado Artístico, modalidade em que, ao som de uma música os atletas apresentam uma coreografia em uma piscina.

E você já brincou de acrobacias na piscina? Tenho certeza que já tentou fazer parada de mão (plantar bananeira) ou junto com amigos tentou formar figuras como uma estrela, não é mesmo? Vamos então, juntos, conhecer o histórico dessa tão fascinante modalidade?

Sua história é bem interessante, há relatos antes de 1920 que a ex atleta e campeã de natação a australiana Annette Kellerman deu os primeiros passos em busca de novos desafios através de espetáculos de balé aquático. Acredita-se que inspirada em Annete, a professora norte-americana Katherine Curtis deu início à formalização do balé aquático, que, a partir de 1933, ganhou o nome de Nado Sincronizado.

A origem

No início, as apresentações de nado artístico eram feitas por homens, mas logo as mulheres passaram a dominar e, hoje, a maior parte dos eventos oficiais são exclusivos para as atletas femininas, mas essa realidade está mudando como veremos a seguir…

Você sabia que esse esporte exige habilidades específicas do atleta na água, como força, resistência, potência, flexibilidade, domínio da coreografia e principalmente, ação em cadência (sincronismo) e alçada de tronco (subidas rápidas).

Sabia também que é necessário ter um grande controle da respiração, principalmente para executar movimentos em que o atleta fica “de cabeça para baixo na água”?

Pois é, praticar nado artístico é mesmo um desafio e se você está se perguntando se os pés ou qualquer parte do corpo do atleta pode tocar o solo da piscina durante a performance, a resposta é não, durante todo o tempo o corpo deve ser mantido em suspensão. Incrível, não é mesmo?

Vamos agora conhecer as competições de nado artístico? Você já assistiu alguma? Faça uma busca rápida pelos sites de busca que com certeza você se encantará com elas. Ah, e volte para compartilhar essas dicas aqui nos comentários dessa postagem.

Todas as competições internacionais do Nado Artístico devem ser realizadas pelas regras da FINA (Federação Internacional de Natação). E no Brasil, a CBDA (Confederação Brasileira Desporto Aquático) é responsável por administrar e representar a modalidade.

As medidas da piscina são 50 metros de comprimento, 25 metros de largura e 3 metros de profundidade, mas a área delimitada tem medidas mínimas de 12 por 12 metros de largura e 2 metros de profundidade. Elas devem possuir alto-falantes subaquáticos, para que os atletas consigam manter os movimentos em sincronia com a música, mesmo quando estiverem com a cabeça submersa.

Equipamentos como clipes de nariz (nose) ou tampões de ouvido podem ser usados, assim como a touca. Uma alternativa indicada para a fixação dos cabelos é a gelatina incolor. Indica-se também uma maquiagem mais natural, não sendo permitida a maquiagem teatral. Os óculos podem ser utilizados em algumas competições, mas não em todas.

Em Campeonatos Mundiais e Nacionais a modalidade pode ter  as seguintes provas:

Solo: Técnico e Livre
Dueto: Técnico e Livre
Dueto Misto: Técnico e Livre
Equipe: Técnica e Livre
Rotina: Livre Combinada e de Destaque (Highlight).

Foi em 2014 com a criação do Dueto Técnico Misto e do Dueto Livre Misto que a modalidade passou a ter competidor masculino. A dupla brasileira Giovana Stephan e Renan Alcantara são os destaques desta prova e ficaram em sétimo lugar no último mundial em 2019 na Coréia do Sul.

Nos Jogos Olímpicos a modalidade ainda é exclusivamente feminina e as modalidades são Dueto e Equipe (composta por oito competidoras).

As representantes brasileiras da modalidade nos dias atuais são as atletas Laura Miccuci e Luisa Borges. Elas fazem parte da equipe brasileira que, como equipe, não conseguiu classificação para a disputa pré-olímpica. Já como dupla, essas atletas, formarão o dueto titular do Brasil para o Pré-Olímpico de Nado Artístico que será realizado em março de 2021 no Japão, almejando uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

As coreografias devem ser apresentadas dentro de um tempo específico que variam de 2 minutos (para técnica solo) a 4 minutos (rotina livre em equipes). Em sua composição ela deve ter elementos obrigatórios (técnicas), figuras (movimentos na posição estacionária), movimentos acrobáticos (levantadas, saltos, estacas, plataformas) e transições (movimento contínuo de uma posição para outra).

E como será que essa modalidade tão complexa é avaliada? Os juízes avaliam cada uma dessas categorias:

  • Execução e Sincronização: precisão do movimento idênticos, com a dupla ou equipe, com o tempo da música, acima, abaixo e na superfície da água.
  • Impressão Artística: que diz respeito à qualificação da coreografia, interpretação da música, criatividade e a combinação de movimentos artísticos e elementos técnicos.
  • Dificuldade: qualificação para dificuldade, qualidade e precisão dos movimentos.
  • Elementos obrigatórios: figuras obrigatórias nas apresentações técnicas.

Depois de conhecer mais sobre essa modalidade esportiva, fica a dica: capriche nas próximas bananeiras e acrobacias dentro da piscina, tudo isso pode fazer de você um atleta do Nado Artístico.

Clique na imagem abaixo e veja nossos desafios de hoje.


Quer saber mais sobre as regras da modalidade?
Acesse as Regras Oficiais, na página da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos.


Fonte das Imagens

Imagem 1: http://rededoesporte.gov.br/pt-br/megaeventos/olimpiadas/modalidades/nado-sincronizado

Imagem 2: http://www.fina.org/news/asws-paris-day-2-ukraine-shines-solo-france-gets-gold-team-tech

Imagem 3: https://sge-aquaticos.bigmidia.com/_uploads/fotos/0658/p1aqs8h0tv2ou21136q1po4j4sc.jpg

Imagem 4: https://wrmx00.epimg.net/radio/imagenes/2019/08/05/asi_las_cosas/1565017768_745239_1565018172_noticia_normal.jpg

Imagem 5: https://e00-marca.uecdn.es/assets/multimedia/imagenes/2018/05/27/15274486457427.jpg

Imagem 6: https://aginformacion.tv/wp-content/uploads/2020/08/Deportes-3.png

Imagem 7: https://conteudo.imguol.com.br/blogs/87/files/2015/01/Bill-May-Kristina-Lum1.jpg

Imagem 8: http://rededoesporte.gov.br/pt-br/megaeventos/olimpiadas/modalidades/nado-sincronizado

Publicado por Equipe Atividades Aquáticas

Coletivo de Educadores dedicados à aprendizagem das habilidades e competências aquáticas. Mergulhe conosco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: